FANDOM



História

A Assassina de Deus era uma poderosa arma criada eras atrás pelos Aspirantes para combater os Celestiais, e ela estava sendo armazenada em uma Esfera de Dyson, mas tinha sido despojada de alguns de seus componentes. O Registrador 451 soube da sua existência e gastou centenas de anos procurando por ele e suas partes, com o último deles sendo o Coração dos Voldi. 451 planejava que a Assassina de Deus fosse usada como uma forma de dissuasão nuclear da Terra, já que ele acreditava que a humanidade tinha o potencial para trazer a paz universal no futuro, e 451 precisava de um piloto, pois o piloto automático da Assassina de Deus estava extremamente problemático.[1] 451 geneticamente modificou o feto de Howard Stark, como o paciente mais adequado para se tornar o piloto da Assassina de Deus.[2]

Anos mais tarde, 451 conheceu o filho de Howard, Tony Stark, agora o super-herói Homem de Ferro, e disse a ele sobre sua origem secreta, no final o levando para a Esfera de Dyson e o forçando a se tornar um com a armadura.[3]

Quando o 451 descobriu que Stark não podia pilotar a Assassina de Deus, assim tudo que ele havia feito não valeria nada, ele decidiu que a armadura gigante não poderia cair nas mãos de ninguém e ativou um mecanismo que a transportou para outra dimensão, com a intenção de levar Stark com ela.[4] Antes da deslocação dimensional começar, Stark conseguiu usar a tecnologia do 451 para hackear a armadura e escapar antes que fosse tarde demais.[5]

Mais tarde foi revelado que Tony descobriu que não poderia pilotar a Assassina de Deus porque ele não era o bebê que o 451 havia geneticamente modificado, mas o piloto programado era seu irmão secreto Arno.[6]


Notas


Curiosidades

  • Sem Curiosidades.


Veja Também


Links e Referências

  • Nenhum.

Notas de Rodapé


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.