FANDOM


Quote1 O Capitão América criou uma terra com apenas duas leis--não machuque ninguém, e ajuda quando você puder. Fora isso, os assentamentos se governavam. A maioria vivia em paz e felicidade. Mas todos sabiam: tente quebrar as leis de Steve Rogers e seus Vingadores viriam. Ou tenha sucesso, e pior--seus Justiceiros. Esse era o Azul. Quote2
-- Miriam Sharpe fonte

História

A Azul era o território da Zona de Guerra tomado pelo lado de Steve Rogers após a Guerra Civil Sobre-Humana se propagar além da comunidade super-humana e cidadãos comuns começarem a escolher seu próprio lado. Aqui, as pessoas aceitaram as regras estabelecidas pelo General Steve Rogers, que são simplesmente "não ferir ninguém" e "ajudar quando puder." Os assentamentos governavam a si mesmos, com a única autoridade central sendo os Vingadores de Rogers, que lutavam com ameaças em grande escala, ou os Justiceiros, que perseguiam aqueles que desrespeitavam a lei. Todo mundo tem o espaço para fazer suas próprias coisas.

O Azul se encontra ao oste da Brecha localizada em Saint Louis, Missouri. De acordo com o Presidente Stark, o Azul é duas vezes o tamanho do Ferro, embora tenha metade da população. O Azul é considerado como um estado pária pelo resto do Mundo Bélico.[1]

Em uma última tentativa de pôr fim à guerra, Rogers lançou um ataque do Azul e invadiu o Ferro, com a intenção de detonar uma bomba criada do Projeto Sino de Curva que neutralizaria os super-poderes. No entanto, Tony Stark havia descoberto recentemente que os Skrulls estavam por trás do conflito, e convenceu Steve a usar a bomba neles. Os membros do Azul e do Ferro foram informados da verdade, e após os Skrulls serem derrotados, o Azul e o Ferro alcançaram a paz. O Ferro enviou comida para o Azul e cessou embargo, permitindo que o Azul para comercializar com o resto do Mundo Bélico.[2]

Pontos de Interesse


Notas

  • Sem notas especiais.


Curiosidades

  • Sem Curiosidades.


Veja Também

Links e Referências

  • Nenhum.

Notas de Rodapé


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.