FANDOM



História

O Domínio do Apocalipse era um dos domínios do Mundo Bélico.[1] Seu Barão era o Apocalipse.

O que era o Domínio do Apocalipse, era antes muitos reinos, cada um governado por um dos Cavaleiros do Apocalipse, mas suas terras foram todas conquistadas por Apocalipse e eles foram forçados a se tornarem seus servos.[2] Apocalipse foi eventualmente proibido por Imperador Deus Destino de entrar em guerra com seus vizinhos, levando-o a reprimir ainda mais o seu próprio domínio.[3]

Para escapar da tirania de Apocalipse, muitos humanos e mutantes haviam fugido para a Terra Selvagem, para construir um santuário onde eles poderiam coexistir, mas eles viram esse sonho morrer quando Holocausto e os Soldados Infinitos do Barão Apocalipse invadiram à procura de Cifra. Vários dos X-Men perderam a vida protegendo-o do Holocausto, o qual detonou quando eles removeram sua armadura. Mais tarde, Cifra foi encontrado vivo por servos de Apocalipse nos arredores do perímetro da explosão e foi levado para Nova Cairo, onde foi curado e interrogado pelos Prelados de Sinistro, os Irmãos Summers. Como o interrogatório não provou ser bem sucedido, Cifra foi levado para o Composto Humana e, ouvindo atentamente a conversa entre os Irmãos Summers e os representantes humanos Dr. Peter Corbeau e a Xerife Carol Danvers, descobriu o que os humanos estavam escondendo e do que os mutantes estavam com medo: um vírus que poderia acabar com todos os mutantes. A Força de Elite Mutante foi então atacada por Magneto e o resto de seus X-Men.[3]

Após regatar Cifra e capturar Ciclope, Magneto e seus X-Men fugiram do local da batalha para seu esconderijo subterrâneo. Em seu esconderijo, Magneto disse a Cifra que precisava que ele convencesse os Cavaleiros a os impedir Apocalipse, antes que ele pudesse destruir ambos mutantes e humanos. Enquanto isso, conforme Creed investigava os Amigos da Humanidade, os outros Cavaleiros foram convocados por Apocalipse para se prepararem para enfrentar os humanos antes que eles pudessem usar sua arma secreta contra eles.[4]

Enquanto Danvers era interrogada pelos homens de Apocalipse, Magneto contou a Cifra sobre como a situação no domínio do Apocalipse foi de mal a pior e que era tudo culpa dele por não ter agido mais cedo. Depois, Magneto voltou sua atenção para Ciclope, o qual não tinha dito nada de valioso para eles. De repente, Vampira apareceu e disse a Magneto que havia algo errado com sua esposa, Emma Frost. Emma, a qual havia ligado a sua mente com Jean Grey enquanto o Doutor Nemesis (assistente do Fera Negro) a adulterava, descobriu a existência do vírus e alertou seus companheiros X-Men. Então, os X-Men se dirigiram a Aldeia Coletiva Humana para impedir que os seres humanos usassem o vírus, e o levá-lo para que ele não acabasse caindo em mãos erradas.

Quando os X-Men chegaram na Aldeia Coletiva Humana, ela já estava sendo atacada por forças do Apocalipse. Eles tentaram recuperar o vírus do Fera Negro, até mesmo tendo sucesso em nocauteá-lo, mas todos eles foram facilmente derrotados por Apocalipse, o qual revelou suas verdadeiras intenções, liberando o vírus, a fim de ver quem estava apto para sobreviver[5] Enquanto alguns mutantes começaram a morrer aos erem infectados pelo vírus e Apocalipse confrontava os X-Men, o Homem de Gelo, o único X-Men que conseguiu sobreviver a explosão de Holocausto, apareceu e usou seus poderes para congelar toda a área (bem como Apocalipse) para manter o vírus transmitido pelo ar contido.

Enquanto isso, Arma X, Queimador e Ciclope foram para o laboratório genético do Fera Negro, a fim de encontrar e resgatar Jean Grey, e foram confrontados pelo irmão de Ciclope, o Destrutor, mas conseguiram convencê-lo a ajudá-los em sua missão. De volta a Aldeia Coletiva Humana, Apocalipse se libertou de sua prisão de gelo e a batalha começou novamente. No entanto, as células de Apocalipse começaram a ruir como resultado de estar infectado com o Vírus Legado, revelando que ele, por seus próprios padrões, não era digno. Os X-Man e os Cavaleiros então juntaram forças para finalmente matar Apocalipse, e eles conseguiram. Após a batalha, Magneto começou a sentir os efeitos do vírus em seu corpo e, como a explosão de seus poderes iria rasgar o campo magnético em todo o planeta, foi sacrificado por sua esposa. Furiosa, Emma invadiu a mente de Corbeau e descobriu quem era o homem responsável pela criação do Vírus Legado: James Bradley, mais conhecido como Doutor Nemesis.[6]

Nemesis, o qual havia geneticamente absorvido os poderes de mais de trezentos mutantes, tentou convencer os X-Men e cada habitante do domínio a ajudar na sua missão para derrubar o Imperador Deus Destino, mas foi atacado por eles em vez disso. Enquanto os X-Men lutavam contra ele, Frost e Blink foram para o laboratório dodo Fera Negro após sua morte para tentar encontrar uma cura para o vírus, e encontraram Arma X e a Jean Grey lobotomizada. Sendo uma poderosa mutante, Jean tinha o poder de consertar tudo, mas Sinistro (na época aterrorizado por ela) removeu parte de seu cérebro que controlava seus poderes mutantes, então Frost decidiu transplantar parte de seu próprio cérebro para reativar o poder de Jean. Enquanto Sinistro realizava a cirurgia no cérebro, o resto dos X-Men atacaram Nemesis, com Arma X, Creed e Queimador (o qual foi revelado ser o irmão perdido de Ciclope e Destrutor) perderam suas vidas para o louco onipotente. Depois de Jean Grey se reerguer como a Fênix, ela destruiu Nemesis e usou sua matéria liquefeita para curar a todos, não só do vírus, mas também do gene mutante. Daquele dia em diante, cada mutante do Domínio do Apocalipse eram agora um ser humano e tinham recebido uma segunda chance na vida.[7]

Pontos de Interesse

Residentes


Notas


Curiosidades

  • Sem Curiosidades.


Veja Também

Links e Referências

  • Nenhum.

Notas de Rodapé


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.