FANDOM



História

O Escudo é uma muralha gigante que é uma das estruturas mais importantes do Mundo Bélico. Ela isola os três domínios mais perigosos do Mundo Bélico, as Terras Mortas, Perfeição e Nova Xandar do resto do planeta.[1] O Escudo é na verdade um ser consciente. Nos primeiros dias do Mundo Bélico, o Pai de Todos Destino convenceu o Coisa a se tornar parte do Escudo, a fim de proteger os habitantes do Mundo Bélico dos horrores do outro lado.[2]

A maioria dos sentinelas do Escudo são habitantes exilados de outros domínios, incluindo Jamie Braddock de Alta Avalon (que morreu lutando contra os zumbis das Terras Mortas),[1] Miss América de Arcádia,[3] e Lady Katherine da Inglaterra do Rei James.[4] Outras pessoas que trabalham no escudo sob a supervisão de Abigail Brand são o Homem Vitruviano, Leah do Hel, Kang, o Conquistador, e os Summers Infinitos, os quais consistem no Major Summers e seus clones.

Após mais um dia de trabalho no Escudo, o defendendo contra um ataque de Homens-Formiga Gigantes Zumbis, a Comandante Brand falou pela última vez com Leah antes de ela ir se aventurar através do Escudo para tentar encontrar sua amante perdida há muito tempo, Illyana. Quando Leah partiu, Kang se aproximou de Brand e se gabou de suas habilidades de luta e de como ele iria dominar todo o sul do Mundo Bélico, o que irritou ela. Enquanto ela estava dizendo a ele que proteger o Escudo não era tão simples como ele pensava que era, o pulso de Kang começou a apitar e uma versão futura sua de repente apareceu diante deles. Antes de desaparecer, o Kang do futuro disse que o Escudo cairia em vinte dias, e que Thanos iria destruir a todos.[5]

Quinze dias depois, a Comandante Brand e seus homens ainda não haviam encontrado Thanos. Desesperada para encontrá-lo antes que ele pudesse destruir o Escudo, Brabde recorreu a |União, robôs apaixonados que traíram Ultron e se aliaram com os Guardas do Escudo, para tentar encontrá-lo. Mas, enquanto eles conversavam, a União detectou um exército poderoso do Mecanismo Ultron, a maior ameaça que o Escudo já havia enfrentado, a qual uniu a tecnologia da Onda de Aniquilação com a energia implacável dos mortos-vivos, indo em direção ao Escudo. Brand então alertou a todos para que eles pudessem se preparar para a batalha. Enquanto o Homem Vitruviano preparava o Canhão Iluminador para disparar e Kang tentava em vão chamar os cronoaliados, Lady Katherine viu alguém na linha de frente do Mecanismo Ultron, o qual para o horror da Comandante Brand não era outro senão um Nick Fury monstruoso, o antigo comandante morto do Escudo que acreditava-se estar morto.[6]

Sob cerco e em risco de falhar em seu dever, os Guardas do Escudo tentaram de tudo para impedir Nick Fury, já que ele era a razão para o Mecanismo Ultron avançar tão cruelmente. Com os Summers Infinito sendo reduzidos a apenas cem homens e Kang incapaz de navegar através do fluxo do tempo graças as cronominas, Brand procurou a ajuda da União novamente. Um deles tentou usar a sua capacidade de controlar robôs para fazer Nick Fury se suicidar, mas foi morto em seu lugar. Usando o outro robô da União como uma distração, Kang foi capaz de levar Nick Fury para o fluxo do tempo e o direcionar contra todas as cronominas que ele pode.

Enquanto isso, Leah voltou com Magia e um exército de mortos vivos para ajudar Brand em sua batalha contra os inimigos restantes do Mecanismo Ultron. Após a batalha terminar, Leah e Magia, as quais haviam planejado desde o início conquistarem um subdomínio nas Terras Mortas para governar sem se submeterem ao Deus Destino, deixaram os Guardas e retornaram as Terras Mortas. Enquanto Brand estava de luta pela morte de seu exército, uma fenda na realidade se abriu acima dela, com Kang saindo dela vivo, junto com o cadáver de Nick Fury. Enquanto eles se abraçavam, eles foram abordados por Thanos,[7] o qual foi teletransportado para o outro lado do Escudo pelo Xerife Strange momentos antes de Destino o matar.[8]

Depois de se entregar, Thanos revelou que ele havia gastado seu tempo organizando os habitantes de Perfeição, Nova Xandar e das Terras Mortas em um exército em seu caminho para destruir os outros domínios. À medida que os esforços combinados do sul atacavam o Escudo e Brand foi lidar com isso, Thanos disse ao Coisa que Destino havia mentido para ele, e que este mundo era apenas uma criação artificial de Destino. Sabendo disso, o Coisa se levantou para enfrentar Destino, removendo assim um enorme pedaço do Escudo e partiu.[9][2]

Com o Escudo caído, Kang tendo voltado no tempo para tentar evitar o colapso do Escudo, Miss América e Lady Katherine tendo escapado e o resto de sua equipe mortos, Brand e o último membro sobrevivente dos Summers Infinitos perderam suas vidas lutando contra as forças do sul que se aproximavam.[9]

Residentes


Notas

  • O Escudo iria inicialmente ser chamado de a Muralha.


Curiosidades

  • O Escudo é baseado na "Muralha", uma estrutura que serve a um propósito semelhante na série de livros "As Crônicas de Gelo e Fogo" de George R.R. Martin.


Veja Também

Links e Referências

  • Nenhum.

Notas de Rodapé


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.