FANDOM






Eternidade é uma entidade abstrata, praticamente onipotente, representando o tempo e a realidade no universo. A entidade é parte de um pequeno panteão cósmico que representa as três forças fundamentais do universo, sendo a equidade, a necessidade e a vingança.

No universo da Terra-616 esses seres são:

Eternidade e Infinito são na realidade conceitos gêmeos, já que representam todo o tempo (Eternidade) e espaço (Infinito) no respectivo universo. Eternidade e os outros seres cósmicos são apenas superados pelo Tribunal Vivo, o ser que governava o Multiverso.[1][2]

Eternidade também gerou vários "filhos", ou conceitos que se tornaram entidades separadas e independentes. Eles incluem Empatia, Elogio, Conveniência, Entropia, Epifania, Inimizade, e Eon - embora o último acabou sendo morto e substituído pelo conceito Epoch.[3][4]

Eternidade normalmente só se manifesta quando há uma ameaça iminente para o universo, como o vilão Dormammu ou o Titã Thanos, o qual reuniu as Joias do Infinito e mais tarde o Coração do Universo. Com esses artefatos, Thanos foi capaz de superar Eternidade e até mesmo aprisionou a entidade cósmica, provando que mesmo Eternidade não era realmente onipotente.[5]

Uma notável exceção foi durante o julgamento do Sr. Fantástico, quando Eternidade foi convocada pelo esforço combinado de Galactus e o Vigia. Eternidade então permitiu que milhões de espectadores alienígenas se tornassem momentaneamente um com o universo, para que pudessem compreender que Galactus era parte da ordem natural do universo.[6] O Mago Supremo Doutor Estranho foi o primeiro ser humano na Terra a ter contato com Eternidade.[7]

Eternidade e todas as suas contrapartes em todo o Multiverso são protegidas pelo seu próprio Capitão Universo.

Eternidade é a consciência coletiva de toda a vida e protege todos os muitos trilhões de seres dentro dela. Ela existe em todos os lugares ao mesmo tempo e pode tomar forma humanoide quando pretende se comunicar com feiticeiros e outros. Eternidade uma vez auxiliou o Doutor Estranho contra Dormammu,[8] e Estranho então ajudou Eternidade a fugir das garras do Pesadelo.[9] Ele foi capturado por Pesadelo novamente, o que levou à destruição da Terra, mas após a intervenção de Estranho e do Ancião, Eternidade recriou a Terra.[10] Para ter uma maior compreensão da humanidade, Eternidade, ocasionalmente, andava na Terra, usando o nome de Adam Quadmon.

Arquivo:Eternity (Earth-616) 001.jpg

Quando Henry Pym cresceu além do macroverso para o Espaço Superior, ele se encontrou com Eternidade, a qual lhe agradeceu por salvar a realidade de Chthon. Ele deu o título de "Cientista Supremo" para Pym por causa de seu desejo pela ciência, ao ponto de estudar magia. Ele enviou Pym de volta à Terra, dizendo a ele que ele era o fundador dos Vingadores que estava por vir e prometeu que uma nova era de heróis estava vindo, embora isso pudesse ser uma armadilha de Loki.

O Fim da Morte

Thanos, em um esforço para manter Deadpool longe de sua amada Morte, o amaldiçoou para nunca mais morrer. No entanto, a personificação da Morte também havia sido sequestrada por Eternidade, o que significava que mais nada no universo poderia morrer também, causando caos por todo o universo. Quando Deadpool, acreditando que Thanos era o responsável, foi até a nave de Thanos para derrotá-lo, Thanos anulou a sua maldição, transformando Deadpool na única criatura mortal no universo e então o matou.[11]

No entanto, ao perceber que a Morte só iria falar com Wade, Thanos o ressuscitou, a fim de salvá-la.[11] Quando a dupla conseguiu viajar para o reino de Eternidade e encontrá-lo pessoalmente, Thanos o atacou impiedosamente, culpando Eternidade por todos os males de sua vida. Wilson, percebendo que era isso que a Morte queria o tempo todo, atacou Thanos e foi possuída pelo Unipoder, dando a Deadpool os poderes do Capitão Universo. Usando esses poderes, Deadpool e Thanos se enfrentaram em igualdade, mas o discurso de Deadpool durante a luta convenceu a Morte da necessidade da existência de vida e fez com que ela levasse Thanos para longe e retornasse ao seu propósito, restaurando a mortalidade ao universo.[12]

Guerras Secretas

A Eternidade da Terra-616, bem como suas contrapartes de realidades alternativas, acabaram sendo aniquiladas pelos Beyonders.[13] Quando o fenômeno conhecidos como incursão levou à destruição de tudo, o Doutor Destino tomou o poder dos Beyonders e transformou os restos de várias realidades diferentes no Mundo Bélico.[14] A existência da realidade do Mundo Bélico fez com que a Eternidade se manifestasse novamente, ainda que sob a influência do poder de Destino, ostentando a máscara de metal de Destino, em vez de seu próprio rosto.[15]

Quando o Senhor Fantástico confrontou Destino e adquiriu o poder dos Beyonders, ele começou a recriar o Multiverso,[16] libertando Eternidade das garras de Destino.[17] No entanto, Eternidade não era a mesma de antes. Em algum ponto após a recriação do Multiverso, Eternidade foi encontrada por Galactus, estando acorrentada.[18] Galactus jurou encontrar o responsável por isso.[19]

Poderes

Onipotência. Habilidade ilimitada de manipular o tempo, espaço, matéria, energia, magia ou realidade para qualquer finalidade; Encarnação imortal do universo; Capaz de se manifestar fisicamente como qualquer força viva dentro da dimensão da Terra.




Explore e Discuta

Notas de Rodapé

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.