FANDOM






Jessica Jones vivia na área de Nova York com seus pais e seu irmão mais novo. Ela se interessava em vigiar as pessoas, ela até mesmo possuía um diário de suas observações. Durante uma viagem de carro em família, uma discussão entre ela e seu irmão por causa de um Gameboy distraiu Brian Jones, o qual estava dirigindo, fazendo com que o carro acertasse a traseira do caminhão na frente deles, resultando em um acidente que matou a todos no carro, com exceção de Jessica.

Ela entrou em coma, suas contas médicas foram pagar por um grupo misterioso chamado IGH. Ela foi formalmente adotada por Dorothy Walker, como parte de um golpe publicitário para promover a carreira de sua filha, Patricia Walker, a qual era a estrela de um programa de televisão bem recebido chamado "É a Patsy!" Jessica não se dava bem com Dorothy, mas desenvolveu um respeito relutante por Patricia, ou Trish, especialmente depois que ela concordou em manter o segredo de que Jessica havia desenvolvido força sobre-humana. Quando Jessica pegou Dorothy tentando fazer sua filha vomitar uma pizza, com raiva, Jessica empurrou Dorothy para longe e convenceu Trish a se emancipar.

Anos mais tarde, Jessica passou por vários empregos chatos com gerentes difíceis, onde suas habilidades inatas de investigação fizeram com que ela tivesse poucos amigos. Trish tentou convencê-la a se tornar uma super-heroína, mas Jessica se acostumou com o hábito de salvar pessoas em pequena escala com suas roupas normais.

Durante este período, ela conheceu Kilgrave, um homem que usou suas habilidades de controlar mentes para fazê-la ficar com ele, consentindo em fazer sexo, e o ajudar em sua onda de crimes motivados por seu ego. Jessica odiou seu tempo com ele, mas Kilgrave era muito cuidadoso para deixá-la ir. Ela só ficou livre depois de ter sido obrigada a assassinar uma mulher chamada Reva Connors, momento no qual Kilgrave foi atropelado por um ônibus.

Se afastando de seus poucos amigos, Jessica adquiriu uma licença como investigadora privada no estado de Nova York. Apesar de ter sido procurada por Jeryn Hogarth, ela escolheu permanecer como freelance, abrindo um escritório sob o nome comercial de Codinome Investigações.

O Caso dos Barrett

Jessica foi contratada por uma mulher para encontrar o pai de seu filho, Turk Barrett. Ela o rastreou até um hospital para dizer a Turk que a mãe de seu filho estava procurando por ele. Sob medicação severa, Turk revelou a Jessica que ele possuía vários filhos em sua vida. Jessica, irritada, disse a Turk para endireitar a sua vida, então começou a puxar seu cateter e roubou o seu dinheiro. A polícia chegou, então Jessica saltou para o telhado do hospital para escapar.

Jessica soube pela primeria vez do "Demônio da Cozinha do Inferno" enquanto interrogava Turk. Embora ela estava feliz com a ideia de alguém tentando consertar a cidade, ela ficou bastante angustiado com o fato de que havia um cara luta contra a criminalidade em um traje de demônio.[1]

Poderes

  • Força Sobre-Humana
    • Salto Sobre-Humano
    • Velocidade Aumentada
  • Resistência Aumentada
  • Cura Acelerada

Habilidades

  • Investigação



Explore e Discuta

Notas de Rodapé

Predefinição:Jessica Jones
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.