FANDOM






O passado do Hipérion da Terra-1121 permanece desconhecido, mas é provavelmente similar ao do Hipérion da Terra-712. Já que muitas histórias de ambos coincidem uma com a outra.

Em algum momento da história do Hipérion (provavelmente em seu passado recente, já que esses eventos retratam Hipérion como um homem mais velho), um dos governos de seu mundo decretou que os seres superpoderosos eram uma ameaça ao status quo e deveriam ser destruídos. Criando uma bomba para destruí-los, todos os membros do Esquadrão Supremo (e provavelmente todos os outros super-seres na Terra de Hipérion) foram destruídos por sua explosão, com exceção do próprio Hipérion.

Após a morte de seus companheiros de equipe, a única coisa que Hipérion desejava era encontrar uma maneira de morrer. Isso, como revelado pelo Homem 4-D (Kyle Richmond da Terra-9997]]), foi porque em parte ele deseja se reunir com seus companheiros e sua amante, a Princesa do Poder, mas também para impedir uma versão alternativa de si mesmo criada pelo Grande Mestre.

Incidentalmente, muito parecido com o da Terra-616, o Grande Mestre da Terra-9997 criou sua própria versão do Hipérion, inspirado em parte pela existência de um heroico Hipérion. Essa duplicata do Hipérion foi então usada como o peão do Grande Mestre na conspiração dos Anciões do Universo para reunificar o universo. Isso foi facilitado quando o Hipérion da Terra-9997 foi transportado para a Terra-1121 e foi morto pelo Hipérion daquela realidade (em eventos similares aos que ocorreram na Terra-712).

Em algum momento, o Hipérion da Terra-1121, através de circunstâncias não reveladas, tornou-se consciente do esquema do Grande Mestre e do propósito de sua contraparte de realidade alternativa e essa é a principal razão para seu desejo de morrer.

Eventualmente, Hipérion foi abordado por X-51, o Vigia da Terra-9997, o qual veio procurar sua ajuda em alertar a Terra alternativa do perigo do embrião Celestial crescendo em seus núcleo. O X-51 prometeu a Hipérion (e todos os seus Arautos que eram todos de realidades alternativas) realizar seu maior desejo após a conclusão de sua missão. Hipérion concordou em ajudar X-51 na promessa de que ele iria encontrar uma maneira para Hipérion morrer.

Em missão para alertar os Reed Richards de cada realidade alternativa em risco, X-51 e Hipérion viajaram para um mundo governado pelo feiticeiro Kulan Gath. No mundo de Kulan Gath, a ciência foi proibida e os dois heróis chegaram a tempo para ver o Richards desse mundo ser enforcado por seus crimes contra a natureza mágica do reino. Quando Kulan Gath ordenou que seu exército atacasse X-51 e Hipérion por serem produtos da ciência, Hipérion matou todos eles com grande facilidade e rapidamente prendeu o próprio Kulan Gath. Quando X-51 informou a Kulan Gath do perigo em que seu mundo estava, Kulan Gath informou X-51 que ele já sabia e declarou que o embrião Celestial dentro de seu mundo era a fonte de seu poder. Recusando-se a ajudar os dois heróis, o X-51 permitiu que Hipérion matasse Kulan Gath. Os dois viajaram para uma vila vizinha e informaram as pessoas que Kulan Gath estava morto, e passaram sua mensagem para o primeiro homem de ciência que puderam encontrar na cidade primitiva antes de retornar à Terra-9997.[1]

Ao retornarem, eles se reuniram com outros Arautos do X-51 que tiveram o mesmo sucesso em sua missão. Eles logo descobriram que o Vigia da Terra-9997 iria ser executado pelos Vigias das várias realidades por permitir que X-51 "manchasse" o plano dos Celestiais e espalhar seu conhecimento através do universo. Os Arautos ajudaram o X-51 a salvar Uatu transportando suas contrapartes para a superfície de cada Terra alternativa, tornando-as todas culpadas pelo mesmo crime que o Uatu da Terra-9997 foi considerado culpado.

Após derrotarem os Vigias, X-51 trouxe Hipérion e os outros arautos para a Terra para começarem suas buscas para obter as coisas que mais desejavam.

Durante seu tempo na Terra-9997, Hipérion estava presente com o resto dos Arautos quando cada um deles teve seu desejo cumprido. Antes de sua vez, Hipérion uniu-se com Reed Richards e seu grupo e viajou até a Zona Negativa para testemunhar a "destruição" causada pelo Paraíso de Mar-Vell.

Quando Richards mergulhou na barreira energética para enfrentar Mar-Vell e acabar ficando perdido, Hipérion foi o único que voou atrás de Reed, a fim de recuperá-lo. Hipérion chegou ao Paraíso justo quando Reed Richards foi consumido pelo seu sol negro que era a morada de Mar-Vell.

Sendo acertado, Hipérion foi morto instantaneamente e foi reformado em um cidadão do Paraíso (fazendo-o parecer como ele era em seu auge). Hipérion então começou o contra-ataque contra o exército invasor Kree e libertou todos os heróis e vilões que haviam sido aprisionados.

Após a batalha, Hipérion encontrou a Princesa do Poder e sua contraparte da Terra-9997 e os confrontou, dizendo a Princesa do Poder que o Hipérion com quem ela estava era um impostor e estava junto com os Anciões. Zarda então revelou que ela estava ciente disso, no entanto seu tempo com a duplicata de Hipérion fez com que os dois acabasse se apaixonando e a duplicata de Hipérion havia encerrado sua aliança com o Grande Mestre e os Anciões. Quando o Hipérion da Terra-1121 explicou que ele morreu por ela, tudo que Zarda pode fazer foi pedir desculpas.

O destino e atual paradeiro do Hipérion da Terra-1121 são atualmente desconhecidos.

Poderes

Aparentemente os mesmos do Mark Milton da Terra-712.

Foi revelado que o Hipérion da Terra-1121, por alguma razão, é incapaz de morrer. Se ele possuir a mesma fraqueza contra Aragonita como sua contraparte da Terra-712, esse mineral dever ser tão raro que não pode ser facilmente obtido e permanece como sua única possível fraqueza.

Além disso, os poderes de Hipérion não pareceram ter diminuído com o tempo, embora ele tenha envelhecido fisicamente, ele não perdeu nenhuma de suas habilidades, poderes recuperativos, força e forma física.

Não se sabe se o Hipérion da Terra-1121 é um membro dos Eternos de seu mundo assim como sua contraparte da Terra-712. Isso provavelmente deve-se ao fato de que o Hipérion da Terra-1121 também queimou seus olhos durante uma batalha com o Hipérion maligno da Terra-9997 e precisou usar por um tempo um óculos especial. Desde então ele recuperou o uso de seus olhos e ele ser um Eterno provavelmente explicaria como isso foi possível.




Equipamento

Em certo momento durante seu auge, Hipérion queimou seus olhos por usar sua Visão Atômica por um longo período de tempo e foi forçado a usar um óculo especial. Esses óculos permitiam que Hipérion "enxergasse" o ambiente ao seu redor, embora ele fosse tecnicamente cego.

  • Como Hipérion foi uma homenagem ao Superman da DC Comics e o Esquadrão Supremo uma homenagem a Liga da Justiça, não é surpresa alguma que os eventos mencionado acima assemelham-se a história O Reino do Amanhã, a qual possui um clímax em que os governos do mundo jogam uma bomba nos heróis desse mundo, e Superman sendo um dos poucos sobreviventes. Outras similaridades com o Superman do Reino do Amanhã incluem Hipérion usar uma versão preta do seu traje para refletir sua personalidade mais sombria. A história da Terra X foi a resposta da Marvel para O Reino do Amanhã, e parece apropriado que a inclusão do Hipérion nessa história desse uma sensação similar ao O Reino da Amanhã a história.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.