FANDOM






Quote1 [Eu sonhei] que eu era uma Vingadora. Que eu era mais do que uma assassina que eles me fizeram. Quote2
-- Víuva Negra (Natasha Romanoff) fonte 

Conta no Vermelho

Natalia Romanova nasceu em 1984,[2] em Stalingrado, RSFS da Rússia, na União Soviética e se tornou uma espiã de nível mundial. Ela supostamente começou a treinar para se tornar uma assassina quando ela era apenas uma criança, e sua eficácia implacável nos últimos anos lhe rendeu o codinome "Viúva Negra".

Sua vida sofreu uma mudança dramática quando ela mesma se tornou um alvo de assassinato, e o agente enviado para matá-la foi o soldado igualmente habilidoso, Clinton Barton. Em vez de matá-la, Barton poupou sua vida e os dois desenvolveram uma parceria duradoura a partir daquele momento. Seguindo Barton, a Viúva Negra foi arrastado para uma nova vida como uma agente da S.H.I.E.L.D. Seu passado, no entanto, continuaria a ser um assunto delicado para ela, e a Viúva tentou começar uma nova vida, utilizando o nome "Natasha Romanoff." Em várias ocasiões, ela citou o desejo de reparar suas ações passadas, o que ela descreve como uma "conta no vermelho" que ela deseja apagar. Em certo ponto ela e Barton realizaram uma missão em Budapeste, embora os dois se lembram dos detalhes da missão de maneira diferente.[3]

Durante uma missão para proteger um cientista da Nigéria, Romanoff foi confrontada pelo implacável Soldado Invernal, o qual eliminou seu alvo por literalmente disparar através de Romanoff quando ela tentou protegê-lo, deixando uma pequena cicatriz em seu quadril.[2]

Indústrias Stark

Romanoff mais tarde conseguiu um trabalho no Departamento Jurídico das Indústrias Stark sob o pseudônimo de Natalie Rushman. O motivo inventado era que ela deveria ficar de olho em Tony Stark, após ele ter passado o comando da sua empresa para Pepper Potts. Na realidade, Romanoff havia sido designada para avaliar se ele era adequado para um plano de reunir um grupo de pessoas com talentos incomparáveis. Stark realizou uma pesquisa sobre ela e descobriu que ela era fluente em Francês, Russo e Latim; e que ela havia feito alguns trabalhos como modelo no Japão em algum ponto. Romanoff tornou-se a nova assistente de Tony enquanto ele estava em Mônaco, então quando ela flertou com ele em sua festa de aniversário, ele começou a ficar desconfiado sobre de onde ela havia vindo.

Trabalhando com o Homem de Ferro

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999) 0006.jpg

Ela compareceu em uma reunião que Nick Fury estava tendo com Tony Stark nas Rosquinhas do Randy, onde Fury revelou verdadeiro nome dela e sua filiação. Natasha, juntamente com Fury e Phil Coulson, foram à casa de Tony e foi dito a ela por Fury que deveria permanecer em sua posição como assistente. Mais tarde, nas Indústrias Stark, enquanto Tony estava visitando Pepper Potts, Natasha entrou e pediu para Potts assinar alguns papéis. Quando Potts saiu, Tony começou a questionar Natasha e lhe disse que achava incrível o que ela fazia. Quando Tony alegou que ela não podia falar outras línguas, Natasha respondeu em Latim, então repetiu em Inglês, dizendo-lhe que ele poderia, "Ou ir por conta própria, ou ser levado por alguém."

Romanoff participou da próxima Stark Expo, onde Justin Hammer das Indústrias Hammer, revelou seus novos drones Hammer e a Armadura do Máquina de Combate usada por James Rhodes. Stark também chegou sem ser convidado em sua nova e melhorada armadura do Homem de Ferro para avisar Rhodes sobre um ataque iminente de Ivan Vanko. Foi então que Vanko surpreendeu a todos ao remotamente ganhar controle sobre os drones Hammer e a do Máquina de Combate. Enquanto Stark levava a ameaça das máquinas para longe da Expo, Potts e Romanoff confrontaram Hammer, exigindo saber a localização de Vanko. Romanoff o colocou em uma chave de pescoço e quebrou uma das lentes de seus óculos para forçar ele a confessar. Ela então fez Happy Hogan a levar para a instalação mais próxima das Indústrias Hammer, de onde Vanko estava controlando os drones.

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999).jpg

Chegando no local, Romanoff deixou Happy lidando com um único guarda de segurança, enquanto ela se adentrou na instalação, acabando com vários membros da força de segurança. Vanko já havia abandonado seus sistemas de controle e partido quando Romanoff os encontrou. Ela rapidamente começou a restaurar o controle da armadura do Máquina de Combate para Rhodes e também foi capaz de enviar dados táticos, inicialmente avisando Rhodes e Stark de uma onda de drones se aproximando e posteriormente sobre outro traje blindado, usado por Vanko.[4] Ela então começou a roubar os projetos de desenvolvimento da Hammer e fugiu antes que a polícia chegasse à instalação, justo quando ela explodiu.[5]

O Hulk

Natasha foi designada para uma nova missão: rastrear o cientista fugitivo, Bruce Banner, porque o agente anteriormente designado para o caso, Jasper Sitwell, foi redesignado para Puente Antiguo. Ela o encontrou pela primeira vez durante o cerco militar na Universidade de Culver, quando ele se tornou o Hulk em sua frente. Fury ordenou que ela não deixasse o General Ross levar o Hulk, mas a própria força destrutiva de Banner a impediu de fazer nada mais do que relatar sobre sua luta dele com Emil Blonsky.[6]

Mais tarde, ela se dirigiu para o Harlem, em Nova York, para continuar as tentativas da S.H.I.E.L.D. em prevenir que Banner fosse preso pelos militares, mas chegou tarde demais. Fury a envou para se encontrar com o Dr. Samuel Sterns e se certificar que Banner não deixou nada com que ele pudesse trabalhar. Depois de um encontro com o Abominável (a nova forma monstruosa de Blonsky), ela foi até o laboratório de Sterns, onde ela o encontrou preso. Sua cabeça havia se tornado grotescamente deformada e ele começou a delirar, pedindo a Natasha para se juntar a ele, mas ela rejeitou sua oferta, atirando em seu joelho.

Tendo um vislumbre da batalha altamente destrutiva do Hulk com o Abominável a distância, ela relatou a Fury que toda a situação envolvendo não só o Hulk, mas também as invenções de Tony Stark e a vinda dos Asgardianos, eram demais para S.H.I.E.L.D. lidar.[7]

Enquanto em missão, no meio do interrogatório de Georgi Luchkov, Romanoff recebeu uma ligação do Agente Coulson, informando-a de sua próxima missão. Ela deveria se aproximar de Banner, e conseguir sua ajuda na localização do Tesseract, um objeto perigoso que havia caído em mãos erradas. Embora o pensamento de se encontrar com o imensamente poderoso alter ego de Banner a aterrorizava, Romanoff realizou a missão com autoconfiança e logo tinha Banner a bordo.

Caminhando Para Uma Guerra

NatashaRomanoff199999

Sua próxima missão era apreender Loki, o Asgardiano responsável pelo roubo do Tesseract e a corrupção de Agente Barton. A missão foi bem sucedida, apesar de ter sido necessário as habilidades combinadas de Steve Rogers, Tony Stark em sua armadura do Homem de Ferro, e da própria Natasha nos comandos da arma de um jato da S.H.I.E.L.D., para o subjugar. Na viagem de volta, eles também encontraram o irmão de Loki, Thor, o qual tinha planos próprios de capturar Loki.

As habilidades de Natasha em interrogatório fizeram dela uma excelente escolha para extrair informações de Loki quando a S.H.I.E.L.D. o tinha sob custódia. Ela habilmente trapaceou o trapaceiro, fazendo com que ele revelasse informações valiosas, embora suas respostas manipuladoras também haviam a atingido (citando incidentes não especificadas, provavelmente de missões passadas envolvendo São Paulo, a filha de um indivíduo chamado Dreykov e um incêndio de um hospital), e Romanoff tornou-se cada vez mais obsessiva sobre reparar o seu passado. Acima de tudo, ela pensara em tirar o Agente Barton do controle de Loki, mas ela descobriu que ela não precisava procurar por ele. Em vez disso, ele a encontrou. Barton, liderando uma equipe de comando contra o Aeroporto-Aviões da S.H.I.E.L.D., causou uma explosão que desabou parte do teto em Romanoff e Banner. Isto provocou a transformação de Banner no Hulk e rapidamente transformou o problema de infiltração inimiga em uma guerra caótica, com Romanoff escapando por pouco da ferocidade do Hulk com vida. Durante o caos, ela também se encontrou com o Agente Barton, e o enfrentou em um longo duelo, o qual só terminou quando ela o golpeou na cabeça, o deixando inconsciente.

Batalha de Nova York

A fuga de Loki apresentou um novo problema para os sobreviventes do ataque. Romanoff cuidou de seu antigo parceiro, enquanto os outros contavam suas perdas, mas ela foi rápida para se juntar a eles, uma vez que haviam resolvido ir para a ofensiva. Seguindo Loki até Manhattan, Romanoff e os outros foram confrontados com a visão de uma enorme fenda dimensional acima da cidade. O exército de Loki, uma horda de guerreiros Chitauri, atravessaram a fenda e Romanoff se encontrou novamente lutando, desta vez contra um inimigo alienígena que planejava dominar o mundo.

Arquivo:830px-Black Widow Avengers.jpg

As habilidades de artes marciais e as armas de pequeno porte da Viúva Negra eram ideais para lutar contra os Chitauri nas ruas, e quando o seu próprio armamento se esgotou, ela fez uso dos armamentos dos Chitauri. Eventualmente, ela capturou uma de suas aeronaves e a usou para chegar ao topo da Torre Stark, onde ela foi fundamental em lidar com o dispositivo que mantinha o portal aberto, assim selando a fenda e impedindo as forças ainda à espera de passarem por ela.

Quando a batalha terminou, Romanoff se reuniu com os outros para ver Thor e Loki, como prisioneiro, partindo. A ameaça foi neutralizada e por um tempo o mundo não necessitaria de seus protetores. Os outros seguiram caminhos separados, enquanto Romanoff e Barton retornaram para a S.H.I.E.L.D.[3]

Espiões e Soldados

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999) TWS 001.jpg

A Viúva Negra tornou-se um frequente companheira de batalha do Capitão América quando foram atribuídas em missões juntos. Durante uma missão de resgate de navio sequestrado da S.H.I.E.L.D., Nick Fury atribuiu a Viúva Negra uma tarefa secundária secreta para recuperar arquivos confidenciais protegidos da S.H.I.E.L.D. em um flash drive. Os dados eram mais importantes do que ela poderia ter imaginado, e uma vez que eles foram entregues à Fury, ele se tornou alvo de um assassino. Quando Romanoff ouviu que Fury havia sido morto a tiros, ela foi para o hospital para manter vigília, e assistiu, impotente, enquanto ele era declarado morto. Com base na descrição de Steve do atirador, ela identificou o assassino como o Soldado Invernal.

Steve se tornou um fugitivo da S.H.I.E.L.D. sob as ordens de Alexander Pierce depois de ocultar detalhes da morte de Fury, e Natasha se juntou a ele para ajudá-lo a recuperar os arquivos confidenciais do flash drive, o qual Fury havia dado a Rogers. Natasha tentou hackear os arquivos protegidos, mas só consegui descobrir o local de onde eles foram criados, o Campo Lehigh.

A Conspiração da Hidra

Lá, Steve e Natasha descobriram uma base secreta da S.H.I.E.L.D. onde a consciência de Arnim Zola revelou que após a Segunda Guerra Mundial, ele havia sido recrutado pela S.H.I.E.L.D., e que ele e outros cientistas Alemães haviam dando continuidade aos planos da Hidra para o dominar o mundo, através de inúmeros projetos, incluindo a infiltração e influenciando a S.H.I.EL.D. Romanoff interrompeu a longa exposição das atividades da Hidra de Zola quando seu PDA a alertou sobre um míssil. Ela e Rogers escaparam por pouco da explosão, e depois partiram do local antes que a S.H.I.E.L.D. pudesse encontrá-los.

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999) TWS 002.jpg

No dia seguinte, Steve e Natasha procuraram a ajuda de Sam Wilson, o qual eles então colocaram em seu círculo de aliados, recuperando um exoesqueleto de voo para ele. O trio então capturou e interrogou Jasper Sitwell para saber mais sobre a conspiração crescendo dentro da S.H.I.E.L.D. Sob pressão, Sitwell revelou a sua fidelidade a Hidra e que a Hidra planejava usar o Projeto Insight para massacrar milhões de pessoas identificadas como ameaças a nova ordem mundial da Hidra.

Derrubando a S.H.I.E.L.D.

Steve, Sam e Natasha foram posteriormente atacados pelo Soldado Invernal e uma equipe de agentes duplos da Hidra. Natasha sofreu um ferimento de bala em seu ombro ao tentar fugir do Soldado Invernal, e Steve ficou chocado com a revelação de que o Soldado Invernal era seu velho amigo Bucky. Com a luta tendo esgotado eles, os três heróis foram facilmente capturados pela S.H.I.E.L.D., mas enquanto eram transportados, foram resgatados pela Maria Hill, a qual estava disfarçada, e levados a um esconderijo onde Nick Fury estava vivo e se recuperando. Fury revelou um plano para impedir que Pierce lançasse o Projeto Insight, envolvendo a substituição do chip de controle de cada um dos Aeroporta-Aviões.

Natasha se infiltrou no Triskelion disfarçada como a Conselheira Hawley do Conselho de Segurança Mundial, e foi tomada como refém com os outros Conselheiros por Pierce assim que o Capitão América revelou pelo sistema de comunicação a verdade a respeito da Hidra controlar a S.H.I.E.L.D., e Pierce sendo seu líder. Mas a Viúva Negra deixou o disfarce e subjugou Pierce. Ela então revelou a sobrevivência de Nick Fury, e forçou Pierce a ajudar Fury a liberar os segredos da S.H.I.E.L.D. e da Hidra para o mundo, já que era necessário dois agentes de nível superior para fazer isso. Enquanto os arquivos estavam sendo carregados, Pierce ativou os dispositivos nos crachás dos membros do Conselho de Segurança Mundial, os matando. Ele então tentou usar Natasha para para escapar, mas ela usou um micro dispositivo de PEM em si mesma, desativando o crachá, e dando tempo para Fury atirar em Pierce, o matando. Os dois então escaparam do Triskelion em um helicóptero, também resgatando Sam quando um Aeroporta-Aviões colidiu com o edifício onde ele se encontrava.

Saindo do Sistema

Natasha apareceu mais tarde diante de uma subcomissão do Senado, no qual ela defendeu o desmantelamento da S.H.I.E.L.D. Quando questionada por oficiais militares a respeito do porque eles não deveriam prender ela pelos crimes recém-revelados que ela havia cometidos contra os EUA, ela respondeu que pessoas como ela eram necessárias para defender o mundo.

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999) TWS 003.jpg

Mais tarde, ela se aproximou do "túmulo" de Fury para dizer adeus a Steve, afirmando que, com todas os seus disfarces revelados, ela tinha que encontrar uma nova identidade. Ela o incentivou a tentar um romance com a Agente 13, antes de lhe entregar um dossier da Ucrânia sobre o Soldado Invernal.[2]

Vingadores Unidos Novamente

Com a extinção da S.H.I.E.L.D., o cetro que havia estado no meio de tantos conflitos durante a batalha de Nova York caiu nas mãos da Hidra, e Romanoff logo se reuniu novamente com seus companheiros de equipe dos Vingadores na tentativa de recuperá-lo. Durante este tempo, ela desenvolveu uma ligação particular com Bruce Banner, tendo desenvolvido o sistema 'Canção de Ninar', com o qual ela acalma o Hulk após o fim de uma missão, para que ele pudesse retornar a Bruce Banner. Sua missão os levou a uma base de pesquisa da Hidra na Sokovia, onde o dispositivo alienígena tinha sido utilizado em experimentos para criar soldados aprimorados. Romanoff ajudou a lutar contra uma multidão de soldados da Hidra na base, enquanto Tony Stark penetrava no velho castelo e recuperava o cetro.

Revigorados pela vitória, os Vingadores voltaram a Nova York e deram uma festa para comemorar. No final da noite, quando a maioria dos convidados havia ido para casa, os homens testaram seu merecimento tentando erguer o Mjolnir, mas todos eles fracassaram. O jogo foi interrompido quando um dos robôs da de Legião de Ferro de Tony Stark fez uma aparição surpresa, e depois de admitir que era o resultado do programa Ultron de Stark, misturado com a sua investigação do cetro, ele e vários outros robôs, atacaram o grupo. Romanoff se escondeu atrás do bar e sacou uma pistola escondida lá para ajudar na luta, interrompida brevemente para arrastar o Dr. Banner até ela. O ataque era uma distração no entanto, e um dos robôs fugiu com o cetro, enquanto os Vingadores e seus amigos estavam envolvidos na batalha.

Quando relatos de ataques de robôs em fontes de vibranium começaram a surgir, os Vingadores correram até um ferro-velho na costa da África, onde Stark acreditava que uma quantidade substancial do metal raro era armazenada. Eles chegaram logo depois do robô e seus dois aliados aprimorados, Wanda e Pietro Maximoff. Uma batalha ocorreu com os Vingadores tentando impedir Ultron de tomar o vibranium, e Romanoff acabou sendo incapacitada pelo poder de Wanda de produzir pesadelos. Ela acabou presa em uma cena de sua infância, enquanto a luta continuava ao seu redor e o inimigo fugia.

Ainda assombrada pelos fantasmas de seu passado, Romanoff teve um descanso quando Barton levou o grupo para a sua fazenda, e as risadas de seus dois filhos acolhendo a sua "Tia Natasha" ajudou a afastar seus problemas. Ela também teve tempo para falar em particular com Banner e discutir os seus sentimentos um pelo outro, até mesmo sugerindo que eles poderiam partir juntos, mas Banner afirmou rapidamente que não havia nenhum lugar onde ela poderia estar a salvo com ele. Nick Fury também acabou aparecendo na fazenda e falou com o grupo sobre impedir Ultron, os encorajando.

Após Banner fazer a observação de que Ultron estava tentando evoluir, os Vingadores restantes se dividiram em dois grupos, com a Viúva Negra se juntando ao Capitão América e o Gavião Arqueiro em uma tentativa de impedir Ultron de obter a tecnologia de regeneração celular na Coréia do Sul. O trio foi até o seu objetivo, e descobriram que o plano de Ultron de criar um novo corpo androide para si mesmo já estava em andamento, mas a chegada dos Vingadores fez com que ele pegasse o corpo e fugisse. Em seu Quinjet, Barton localizou Ultron em um caminhão de reboque nas ruas abaixo, e quando uma oportunidade surgiu, Romanoff desceu até as ruas em uma moto para persegui-lo. Ela e Rogers conseguiram se defender dos inúmeros sentinelas de Ultron, e embora Romanoff teve sucesso em entregar o androide dormente para Barton, ela foi capturada pelos robôs logo em seguida.

Quando ela acordou, Romanoff descobriu que havia sido transportada de volta para Sokovia, onde Ultron fez uma demonstração de sua mais recente atualização, antes de a confinar em uma cela. Ela usou antigas técnicas de comunicação da Guerra Fria em uma tentativa de expor sua localização sem ser detectada, mas não podia fazer outra coisa senão sentar e esperar.

Fim de Jogo

Barton acabou recebendo o sinal dela e, eventualmente, ela avistou Bruce Banner, o qual havia se infiltrado na base de Ultron sozinho para libertá-la, enquanto os outros Vingadores, e seus novos aliados, confrontavam Ultron no lado de fora. Romanoff forçou a transformação de Banner, e eles então também se juntaram a luta para impedir o robô.

Os Vingadores lutaram arduamente para acabar com as fileiras de robôs de Ultron na cidade Sokoviana. Enquanto a batalha se acalmava, Romanoff e Barton voltaram sua atenção para evacuar a população civil, mas logo ela recebeu o chamado para "cantar uma canção de ninar" para o Hulk, e acalmá-lo de volta ao seu estado mais humano. Sua técnica foi interrompida por Ultron, controlando o próprio Quinjet dos Vingadores, acertando o Hulk com tiros. O Hulk agarrou Romanoff e a levou em segurança para um recém-chegado Aeroporta-Aviões da S.H.I.E.L.D., antes de pular até Ultron para liberar sua raiva. Romanoff logo descobriu que o Hulk havia derrotado Ultron no Quinjet, o qual estava partindo, e pediu a ele através de um link de vídeo para desativar a tecnologia furtiva do avião, para que eles pudessem o localizar, mas o Hulk simplesmente cortou a ligação.

Após a derrota de Ultron, os Vingadores retornaram a Nova York. Abandonando a cidade, eles começaram a criação de uma nova base no Interior de Nova York para uma equipe reestruturada, com Romanoff - embora ainda de luto pela partida de Bruce - se juntando a Rogers para acolher os quatro novos Vingadores na equipe.[8]

Habilidades

Natasha Romanoff é uma combatente altamente treinada e agente da S.H.I.E.L.D. Ela é fluente em várias línguas, incluindo Russo, Italiano e Latim. Ela também possui formação em informática de alto nível e formação psicologia. Apesar de não parecer, ela é forte, embora não seja uma força sobre-humana. A Viúva Negra é uma mestre em artes marciais, uma exímia atiradora, uma atriz natural, uma sedutora infame, e uma talentosa espiã veterana.

Mestre em Artes Marciais: Natasha é um especialista na área de múltiplas artes marciais. Usando uma série de armas não-letais, ela foi capaz de derrubar dezenas de guardas de segurança da Hammer com facilidade, e sem ser atingida. Ela foi capaz de derrotar o Agente Barton em combate quando estava sob o feitiço de Loki. Durante a Guerra de Nova York, suas habilidades produziram resultados semelhantes, permitindo a ela dominar inúmeros soldados Chitauri em combate corpo a corpo.

Perita em Acrobacia: Ela é um atleta, ginasta, acrobata e trapezista de classe Olímpica, sendo capaz de realizar muitas proezas difíceis.

Atiradora Profissional: Natasha é uma atiradora precisa, muito habilidosa com tiros certeiros e arremesso de faca.

Multilíngue: Ela é fluente em Latim, Russo, Inglês, Francês, Alemão, Italiano e vários outros idiomas.

Perita em Táticas: Ela é um estrategista, tática e comandante de campo muito eficaz.

Mestre em Interrogamento: A Agente Romanoff foi capaz de enganar Loki a contar a ela sobre seu plano de usar o Hulk contra o Aeroporta-Aviões. Sua tática mais eficaz é permitir que seu alvo acredite que eles estão guiando a conversa (em certo ponto permitindo ser capturada e torturada) para que as perguntas e comentários deles forneçam a informação que ela está procurando.

Arquivo:Natasha Romanoff (Earth-199999) 0012.jpg

Hacker Talentosa: Natasha pode hackear a maioria dos sistemas de computador sem tropeçar em quaisquer firewalls e sistema de segurança. Ela usou esse talento para ajudar Rhodes a recuperar o controle da armadura do Máquina de Combate e permitiu que ele ajudasse Stark a lutar conta o resto dos drones da Hammer.

Mester em Sedução: Ela é uma especialista na área da sedução. Natasha é conhecida por dobrar muitos homens diferentes à sua vontade e às vezes até mesmo levá-los a realizar seu objetivo por ela.

Perita em Espionagem: Natasha é uma perigosa agente secreta treinada em espionagem, discrição, disfarce, infiltração e demolição. Seus talentos e anos de experiência permitiram a ela alcançar uma alta patente como uma agente de S.H.I.E.L.D.

Adaptação de Arma: Embora ela geralmente se destaca no uso de pistolas e de suas habilidades de artes marciais, ela pode se adaptar ao uso de armamentos com os quais ela não esteja acostumada, como mostrado quando ela utilizou uma arma Chitauri de maneira eficaz.

Nível de Força

A Viúva Negra tem o nível de força de uma mulher de seu tamanho e peso que prática exercício intenso regularmente.



Equipamento

Traje de Combate

Véu Fotostático

Bastões de Choque

Armas

  • Luvas da Viúva Negra
  • Eletro discos, bastão, duas pistolas Glock, bombas de fumaça, dispositivos de PEM, fio, spray
  • Seu verdadeiro nome foi revelado ser "Natalia Alianovna Romanova" em Capitão América 2: O Soldado Invernal.
  • A "orientação," um detector de mentiras de alta potência, é dito por Eric Koenig ter sido baseado na habilidade de Natasha, pois Nick Fury queria criar uma máquina que "nem Romanoff pudesse vencer."[9]
  • Natasha e Clint Barton eram os únicos agentes na história da S.H.I.E.L.D. a não precisarem de uma equipe de extração quando eles saiam em missões,[10] um exemplo pode ser visto durante a sua missão envolvendo Georgi Luchkov.[3]
  • Durante uma conversa com Bruce Banner, Natasha revelou que ela não pode ter filhos, como parte de sua "graduação" de treinamento, envolvendo uma esterilização eficiente para garantir que seria uma coisa a menos para os agentes se "preocuparem" enquanto não estivessem em missões.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé



O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.