FANDOM






Priest era um vampiro de sangue puro da herança Escocesa que viveu em Praga durante o início do século 21. No ano de 2000, ele se tornou um dos vários vampiros que formava uma equipe conhecida como os Sanguinários. Os Sanguinários foram formados com um único propósito em mente - destruir o Andarilho do Dia conhecido como Blade. Por dois anos, Priest e os outros treinaram em várias técnicas de luta, na esperança de que um dia eles iriam encontrar sua presa.

Em 2002, Priest finalmente se encontrou com Blade, mas não como um inimigo. Blade foi convidado pelo lorde vampiro Eli Damaskinos para liderar os Sanguinários contra uma ameaça muito mais perigosa - os Reapers. Reapers eram uma ramificação criada artificialmente dos vampiros que se sustentada por beber o sangue de outros vampiros, e transmitir a Cepa Reaper para portadores vampiros.

Blade liderou os Sanguinários em uma expedição de caça aos Reapers no esconderijo vampiro conhecido como a Casa da Dor. Priest foi o primeiro membro dos Sanguinários a cair em batalha. Um Reaper o atacou, quebrando seu pulso, e transmitindo o vírus Reaper em sua corrente sanguínea. O vírus teve uma rápida taxa de infecção e Priest sucumbiu rapidamente. O resto dos Sanguinários o derrubaram e seu companheiro Chupa tentou acabar com sua miséria usando sua arma, mas acabou não tendo efeito. Reinhardt cortou um pedaço do crânio de Priest com uma espada, mas isso também teve pouco efeito. Finalmente, Blade acabou com ele, atirando nas janelas do edifício, deixando a luz solar entrar e desintegrar seu corpo. Estranhamente, a parte da cabeça de Priest que Reinhardt havia cortado estava fora do alcance da luz solar e permaneceu relativamente intacta. Embora separada do resto do corpo, ela ainda tinha a capacidade de movimentar o seu olho que restou.

Poderes

Todos os vampiros compartilham habilidades sobre-humanas comuns, independentemente de terem nascido um vampiro, ou eram humanos e foram posteriormente transformados em um vampiro. As únicas exceções são ramificações de vampiros, como meio-vampiros (Andarilhos do Dia) e aqueles que são portadores da Estirpe Reaper.

  • Vampirismo: Vampirismo é o ato fisiológico de se tornar e/ou transformar outro ser humano em um vampiro. Apesar de suas raízes no folclore Europeu, o vampirismo existe na natureza, e há muitas criaturas que realmente nasceram como vampiros. Patologicamente, o vampirismo é comparado a um vírus, carregado na saliva dos predadores. A enzima vampira é carregada na corrente sanguínea da vítima e no prazo de setenta e duas horas, transforma a fisiologia do indivíduo, criando novos órgãos parasitários. Ele tem sido descrito como "câncer com um propósito".
  • Imortalidade: Os vampiros são criaturas imortais cujos corpos deixam de fisicamente envelhecer além de um certo ponto. Vampiros de puro sangue envelhecem até a idade adulta, enquanto os transformados em vampiros mantem a forma física que tinham quando eles ainda eram humanos. Teoricamente, um vampiro pode viver para sempre, desde que ele não seja destruído.
  • Presas/Garras Protráteis: Vampiros possuem musculatura adaptadas ao redor dos dentes caninos que podem os estender para se tornarem presas. Da mesma forma, eles também podem estender suas unhas para terem proporções de garras.
  • Força Sobre-humana: A maioria dos vampiros possuem força física sobre-humana em cerca de 10 a 20 vezes maior do que eles possuíam em suas vidas mortais. A grande maioria dos vampiros conhecidos e registrados são capazes de levantar de 450 kg até 1800 kg. A força aumentada de um vampiro também lhes permite executar outras proezas sobre-humanas, tais como saltar grandes distâncias. Complementando a sua força, os vampiros são naturalmente mais fortes e saudáveis do que os seres humanos normais e podem suportar grande esforço físico, sem efeitos nocivos. Não se sabe se os níveis de força dos vampiros diferem entre sangues puros e aqueles transformados em vampiros.
  • Resistência Sobre-humana: Com exceção de certas restrições, os vampiros são essencialmente invulneráveis a maioria das formas de danos corporais, incluindo os efeitos de doenças, bem como a mitose celular natural que vem com o envelhecimento. Os vampiros não são criaturas vivas e, como tal, eles não necessitam de oxigênio para respirar. Vampiros podem existir sem esforço em ambientes sem oxigênio, como ser submerso em água ou enterrados debaixo da terra. Força excessiva pode causar danos físicos a um vampiro, mas seus corpos irão regenerar o tecido danificado desde que possam se suprir com abastecimento regular de sangue.
  • Reflexos Sobre-Humanos: Os reflexos, agilidade e tempo reação de um vampiro é muitas vezes maior do que os de um ser humano normal. Na capacidade máxima ideal, um vampiro pode se mover mais rapidamente do que o olho humano pode perceber.

Fraquezas

  • Hematofagia: Os vampiros requerem o consumo de sangue humano para nutrição e para manterem a sua existência. A dose necessária de sangue por vampiro depende de sua força e vitalidade geral, embora a maioria dos vampiros precise se alimentar pelo menos uma vez por noite. Os vampiros mais velhos e poderosos, por vezes, exigem mais sangue do que vampiros menores, a fim de manter a sua saúde. A forma mais comum de extração é por morder uma vítima humana sobre o pescoço, geralmente na veia jugular, onde o sangue é mais fresco. Alguns vampiros mantem abastecimento de sangue armazenado em locais secretos chamados de "bancos de sangue". Esta prática é mais comum entre os vampiros transformados e raramente empregada por vampiros naturais, que preferem se alimentar de presas vivas. O fracasso em consumir sangue humano em intervalos regulares podem produzir uma variedade de efeitos. Vampiros podem sofrer uma perda de vitalidade e coesão e terão mais dificuldade em manter um semblante humano. Se passar muito tempo sem alimentação, um vampiro pode entrar em uma "frenesi de sangue", em que eles irão agir por instinto primal e tomar o que eles precisam da fonte disponível mais próxima, independentemente das consequências.
  • Radiação Ultravioleta: O maior inimigo dos vampiros é o poder do sol. A mínima exposição pode causar grande desconforto, até mesmo dor, mas a exposição direta à radiação ultravioleta é instantaneamente fatal. Os vampiros estão em seu estado mais vulnerável durante o dia, e devem se fechar em ambientes completamente cortados de todas as fontes de luz natural. Quando exposto à radiação UV diretamente, o corpo de um vampiro irá borbulhar, queimar e se desintegrar em cinzas dentro de segundos. Alguns vampiros, como Deacon Frost são conhecidos por aplicar uma pomada especial de proteção à sua pele, o que lhes permite sobreviver a exposição mínima, mas mesmo isso dificilmente pode ser considerado uma alternativa confiável e a maioria dos vampiros preferem não correr riscos indevidos. A radiação UV artificial é tão mortal para um vampiro como a luz solar natural. O caçador de vampiros conhecido como Blade é conhecido por utilizar vários dispositivos UV em sua busca para destruir todos os vampiros, incluindo lâmpadas UV, miras lasers UV e granadas de flash UV.
  • Prata: O nitrato de prata é extremamente mortal para um vampiro. Armas brancas forjadas de prata são mais propensas a destruir um vampiro do que as convencionais. Se ingerido, o corpo de um vampiro irá convulsionar descontroladamente e se desintegrar dentro de segundos. O nitrato de prata combinado com extrato de alho produz uma espécie de "spray vampiro" o qual, quando utilizado, fará com que o corpo de um vampiro corroa rapidamente.
  • Alho: Embora pouco convencional, o alho é uma ferramenta útil contra um vampiro. Um vampiro que é levado a consumir extrato de alho irá sofrer uma dor severa e será forçado a fugir para que possa se recuperar. Doses concentradas de extrato de alho, misturada com nitrato de prata produz uma corrosivo mortal que irá destruir um vampiro em segundos. Este composto químico pode ser transformado em arma e usado em granadas de impacto ou aerossóis.
  • EDTA: Abreviação para ácido etilenodiaminotetracético, o EDTA é um anti-coagulante que reage explosivamente com a fisiologia vampira. Assim como o nitrato de prata e extrato de alho, o EDTA pode ser utilizado como arma e como uma medida ofensiva confiável contra vampiros.




  • O Ator Tony Curran interpretou o personagem Priest em Blade II.
  • Priest possuía um aparente desprezo pelos vampiros não-puro-sangue. Ao entrar no Casa da Dor, ele recomendou destruir todos eles.
  • Após a sua morte, Chupa ameaçou esculpir o nome do Priest no peito de Abraham Whistler. No entanto, esta ameaça não foi realizada.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.